Nossa Capa


Publicidade





Cidade

Voltar | imprimir

20/04/2017

PRESIDENTE DO ABRIGO DE IDOSOS ELOGIA PROJETO DA SANTA CASA

Nadir Barbosa de Resende, que é presidente do Abrigo de Idosos

Nesta semana, a Tribuna de Ituverava dá continuidade às entrevistas com autoridades e população a respeito da importância da construção de um novo prédio para a Santa Casa de Ituverava. O entrevistado da semana é o gerente administrativo Nadir Barbosa de Resende, que é presidente do Abrigo de Idosos “Comendador Takayuki Maeda” e tesoureiro da Creche Nossa Senhora do Carmo.

O terreno onde o novo prédio será edificado foi doado à instituição pela família Ribeiro Tanajura.

O local fica próximo à Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram) e à vicinal Rosa Vieira Rodrigues, que liga Ituverava a Guará. A área é de 50 mil metros quadrados e será utilizada para a construção do prédio e também para um loteamento, onde poderão ser instaladas clínicas, órgãos de saúde e empresas.

A obra é extremamente importante para consolidar ainda mais a cidade como referência regional na área da saúde. Outra questão relevante, é que além de facilitar a implantação do curso superior de Medicina, o novo prédio da Santa Casa alavancará o desenvolvimento daquele setor da cidade, local onde já está instalado o campus II da Fundação Educação de Ituverava e próximo ao campo de aviação.

Confira a opinião do entrevistado desta semana:
“Para a área da Saúde, a obra agregará ainda mais valor do que já temos em nosso município, pois somos referência regional. Iremos alcançar o atendimento de pacientes, não só da região, mas de cidades mais distantes que o município hoje atende.

O novo prédio também vai contribuir para o desenvolvimento da cidade, pois será importante para o aquecimento da economia, geração de empregos nas áreas da construção civil e comércio, principalmente no setor de materiais de construção. Após a conclusão da obra, o prédio oferecerá oportunidade de empregos para profissionais, sendo uma injeção de dinheiro para alavancar o município. Além disso, todas estas etapas também são geradoras de impostos nos âmbitos municipal, estadual e federal.

Depois que se iniciar as obras do prédio da Santa Casa, que será no padrão para atender uma faculdade de Medicina, imagino que haverá mais probabilidade de o município conseguir a implantação deste curso.

Teremos também mais geração de renda, com a contratação de mais profissionais, sendo que muitos serão de cidades de fora, o que fomentaria o comércio de locação e venda de imóveis para abrigar os novos contratados. Vejo que o projeto vai além de trazer benefícios para a Santa Casa, pois dará um grande impulso na cidade, que também se desenvolverá naquele setor”.Nadir Barbosa de Resende, presidente do Abrigo de Idosos “Comendador Takayuki Maeda” e tesoureiro da Creche Nossa Senhora do Carmo.

Voltar | Indique para um amigo | imprimir