Nossa Capa


Publicidade





Política

Voltar | imprimir

15/05/2017

COMERCIANTE RECEBERÁ TÍTULO DE “CIDADÃO ITUVERAVENSE”

A vereadora Andréa Fonseca Yamada Scotte. No destaque, o homenageado Antuane Jorge Said

Na última sessão da Câmara Municipal, realizada na terça-feira, 9 de maio, a vereadora Andréa Fonseca Yamada Scotte apresentou o Projeto Decreto que concede Título de “Cidadão Ituveravense” ao comerciante Antuane Jorge Said, nascido em Pedregulho.

De acordo com a vereadora, o homenageado construiu uma bonita história em Ituverava, contribuindo com a área da cultura no município. “Aos 70 anos, mas sempre jovem e cheio de ânimo, o Seu Antuá, como é chamado, se estabeleceu na atividade cinematográfica e fez do Centro Cultural de Ituverava um local de exibição de filmes no período de 1999 a 2010”, afirma.

“Com isso, o velho Centro Cultural se rejuvenesceu, ganhou brilho e virou casa de cada um de nós. Os filmes preencheram a cidade e auxiliaram o convívio social, mas isso é mero detalhe. Talvez o principal fosse a prosa, o conselho, a troca de ideias, a ajuda material, ou qualquer ajuda dada por Seu Antuá, contagiando a cidade”, diz.

Adoção
Ainda de acordo com ela, o homenageado adotou Ituverava como a sua definitiva residência. “De maneira genuína e já do alto de seus 89 anos, ele dá a Ituverava a sua energia e traz alegria à cidade”, destaca.

“Acredito que chegou o momento de retribuir-lhe a deferência, por tudo o que nos foi feito, sem pedir nada em troca. Por isso, apresentei o projeto de concessão desse título, o qual ele já possui de coração: o de Cidadão Ituveravense”, completa.

Nascido em Pedregulho, em 1929, cidade onde foi comerciante e vereador, Antuane Jorge Said, 89 anos, é viúvo de Vantuilda Aparecida Campos Martins e tem os filhos Lâmia, Antuane Filho e Alexandre, os netos Mário César, Alessandra, Mário Márcio, Maria Carolina, Antuane Neto e Amanda, e o bisneto Eduardo.

Indicação
Na mesma sessão, a vereadora Andréa Fonseca Yamada Scotte apresentou indicação solicitando que seja concedida a isenção da cobrança de multas e juros para os devedores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) através do Programa de Recuperação Fiscal (REFIS), que é uma oportunidade para os contribuintes regularizarem suas dívidas utilizando-se dos benefícios que a Lei confere, evitando ações judiciais e protestos.

O REFIS, como lembra a vereadora, tem duas funções importantes: oferecer ao cidadão a oportunidade de regularizar uma pendência com condições facilitadas e ainda equilibrar esses créditos nas contas do município.

“Aderindo ao REFIS, o contribuinte tem as multas e juros moratórios de seus débitos perdoados. Para aqueles que optarem pelo pagamento do débito à vista, além de 100% de desconto nos juros e multas, também será aplicado um desconto de 80% no valor da correção monetária”, justifica a vereadora.

“O desconto de 100% nas multas e juros moratórios se mantém também para quem optar pelo pagamento parcelado. O valor cobrado será o original do débito atualizado monetariamente e com juros pré-fixados conforme a opção do número de parcelas”, completa.

Voltar | Indique para um amigo | imprimir